segunda-feira, julho 04, 2016

A cabeça nom para! Mês de julho na Fundaçom Artábria

Já passou meio ano e começamos os 6 meses que ficam para finalizar 2016 com umha variada programaçom de ócio alternativo em galego.

Eis um pequeno petisco do que temos preparado até o mês de dezembro.

Começamos as atividades de julho, na sexta-feira 1, com a inauguraçom às 21h da exposiçom da jovem artista ferrolana Névia Lamas. A exposiçom de desenhos em aguarela poderá ser visitada até dia 30.

No sábado 9 Julho, conheceremos um pouco mais a nossa ria com um roteiro que sairá às 10.30h do Peirao de Corujeiras para chegar aproximadamente 14 km depois ao Monte Ventoso. O roteiro tem umha dificuldade média-baixa e contará com as explicaçons de Ernesto Lopes “Nês”, membro de ADEGA e Joám Lopes, licenciado em história pola UNED e Guia turístico da Galiza.

Na sexta-feira 15, chega a V ediçom do Concurso Ártabro de Elaboraçom de Tortilha de Patacas. As bases para participar estám no nosso web.

Queres saber como participar?

É muito fácil: preparar umha tortilha de tamanho médio (Entre 20 e 25 cm de diámetro) que, obrigatoriamente, deverá incluir ovos e patacas, e trazê-la entre as 19.00 e 21.00 à Fundaçom Artábria na sexta-feira 15 de julho.

Poderá participar qualquer pessoa.

Podes acrescentar, se assim o desejares, os teus ingredientes secretos ou favoritos à base de ovos+patacas, para conseguir a melhor tortilha do concurso.

Cada concorrente apresentará umha só tortilha.

O júri popular avaliará o sabor, a criatividade, a grossura, a originalidade e a apresentaçom da mesma.

Cada tortilha será identificada com um número que se anotará no exterior dum envelope fechado, em cujo interior figurará a folha de inscriçom (nome da ou do concorrente, apelidos, correio-e, telefone)

A decisom do júri fai-se pública no fim da degustaçom das tortilhas.

O júri será composto polas pessoas que assim o desejarem, pagando umha inscriçom de 3 euros, que lhe permitirá degustar todas as tortilhas apresentadas.

No sábado 16, haverá um Atelier de sabom artesanal ministrado por Matilde Ramos. O atelier terá umha duraçom de aproximandamente 4 horas e a inscriçom é de 20 euros ou 15 para as pessoas associadas à Fundaçom Artábria. O preço inclui os materiais utilizados durante o curso e um manual com a teoria precisa para fabricar sabons.

O objetivo do atelier é proporcionar os conhecimentos básicos para elaborar sabons com a ténica de “processo em frio”, para o corpo, chao e máquina de lavar.

No mesmo sábado, às 22.30h, chegadas de Portugal e de tourné pola Galiza, subirám ao cenário da Fundaçom Artábria “Adufe e Alguidar”. Sete vozes dam corpo a um projeto de canto e percussom que atravessa simbologias e tradiçons com ritmos de adufe e outros instrumentos, onde experimentar é sempre um convite. O adufe –instrumento musical de origem árabe– é o seu meio de viagem, qual roda quadrada, que ajudado por outros companheiros sonoros as leva até onde estivérem dispostas a ir. Tenhem no alguidar –peça de origem árabe que serve habitualmente para lavar ou amassar– a metáfora da reativaçom, reinvençom e mistura de sonoridades. A entrada é de graça e a atividade é em parceria com a Associação Cultural o Beco da Língua.

Na sexta-feira 22, Titeres Cascanueces,  traz a obra para crianças “Barriga verde e o moinho da névoa” baseada na peça Barriga Verde de Manuel María.  A entrada é de graça e está recomendado para maiores de 3 anos.

Barriga Verde vai de lugar em lugar e de feira em feira com a sua barraca cheia de cousas para fazer rir. E para fazer pensar. Monicreques, guitarras, pandeiros e gaitas. Desde umha avestruz até o mesmíssimo Titanic. A sua próxima funçom vai ser no Moinho da Névoa.

No sábado, 23 de julho, decorrerá no nosso Centro Social a festa do Dia da Pátria, que terá lugar o próximo 25 de julho. Haverá grelhada popular e música tradicional.

Aproveitamos para informar-vos que o nosso Centro Social permanecerá fechado o 25 de julho, Dia da Pátria.

A Fundaçom Artábria trabalha para que o nosso país esteja no lugar que lhe corresponde no espaço europeu e aportamos o nosso pequeno grao de areia na construçom nacional da Galiza, é por isso que apelamos a:

1.- Secundar ativamente todas aquelas iniciativas patrióticas promovidas nos próximos dias ao longo da Naçom que reclamem a soberania e a independência nacional da Galiza.

2.- Pendurar nas varandas, janelas, fachadas de casas e vivendas da nossa base social a bandeira da Galiza.

Fecharemos o mês de julho, sábado 30, com um novo concerto. Desta volta serám os Labregos do Tempo dos Sputniks os que visitarám o Centro Social para apresentar o seu trabalho “Libremente”.

Este projeto musical integra o trabalho de O Leo i Arremecághona, García de Dios Ke te Crew e Lydia Botana de Lydia Boltereta.

O concerto iniciará às 22.30hs e o preço do bilhete é de 3 euros, 2 euros para as pessoas associadas.

Aproveitamos para informar os novos horários do Centro Social este verao. Polas manhás de segunda a sexta-feira de 11h a 14h e pola tarde de 19h a feche. Sábados de julho de 19h a feche. Em agosto fechamos os sábados.
--
Travessa de Batalhons nº7   Esteiro
15403 Ferrol - GALIZA
Telefone:  +34 981 35 29 86
www.artabria.net

Segue-nos em twitter @fartabria e em facebook!

A Fundaçom Artábria é um projecto popular em defesa da língua e cultura nacional, os valores solidários e os direitos históricos da Galiza. Entidade de carácter sociocultural sem ánimo de lucro que está declarada de Interesse Galego e classificada de interesse cultural, com o nº 54 no registo de fundaçons da Xunta de Galicia.

Enviado por:
Fundaçom Artábria
-artabria@artabria.net-
3 de julho de 2016 19:18
___________


Por favor, o contido do seu comentario debe estar relacionado co asunto do artigo.

Prega-se o maior respecto coas persoas, polo que ataques persoais e insultos serán eliminados.

Por favor, non use os comentarios, só para facer propaganda do seu sitio ou será eliminado.
EmoticonEmoticon